Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, janeiro 26, 2011

Academia divulga indicados ao Oscar

Academia divulga indicados ao Oscar

O Discurso do Rei, Bravura Indômita, A Rede Social e A Origem lideram lista

25 de Janeiro de 2011 às 12:04

A Academia anunciou nesta terça-feira, 25, os indicados à edição 2011 do Oscar, que entregará os prêmios em 27 de fevereiro, no teatro Kodak, em Los Angeles.

Com 12 indicações, o filme "O Discurso do Rei" lidera a lista. A trama é centrada na vida do rei George VI, que precisa enfrentar uma gagueira e uma guerra mundial no trono britânico.

Outros filmes que aparecem como favoritos são "Bravura Indômita", com 10 indicações; "A Rede Social" e "A Origem", com oito.

O Brasil se faz presente no Oscar por meio de "Lixo Extraordinário", uma co-produção com o Reino Unido dirigida por Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley, que concorre ao Oscar de Melhor Documentário. O filme conta a história do artista plástico Vik Muniz.

Dentre os filmes estrangeiros, foram indicados "Biutiful" (México), "Incendies" (Canadá), "Em um Mundo Melhor" (Dinamarca), "Dente Canino" (Grécia) e "Fora da Lei" (Argélia). O Brasil indicou "Lula - O Filho do Brasil", que não foi finalista.

Confira as principais categorias:

Filme
"Cisne Negro"
"O Vencedor"
"A Origem"
"Minhas Mães e Meu Pai"
"O Discurso do Rei"
"127 Horas"
"A Rede Social"
"Toy Story 3"
"Bravura Indômita"
"Inverno da Alma"

Diretor
Daren Aronofsky - "Cisne Negro"
David Fincher - "A Rede Social"
Tom Hooper - "O Discurso do Rei"
David O. Russell - "O Vencedor"
Joel Coen e Ethan Coen - "Bravura Indômita"

Roteiro original
"A Origem"
"Minhas Mães e Meu Pai"
"O Discurso do Rei"
"Another Year"
"O Vencedor"

Roteiro adaptado

"127 Horas"
"Toy Story 3"
"Bravura Indômita"
"Inverno da Alma"

Ator
Javier Bardem - "Biutiful"
Jeff Bridges - "Bravura Indômita"
Jesse Eisenberg - "A Rede Social"
Colin Firth - "O Discurso do Rei"
James Franco - "127 Horas"

Atriz
Annette Bening - "Minhas Mães e Meu Pai"
Nicole Kidman - "Reencontrando a Felicidade"
Michele Williams - "Namorados para Sempre"
Jennifer Lawrence - "Inverno da Alma"
Natalie Portman - "Cisne Negro"

Ator coadjuvante
Christian Bale - "O Vencedor"
John Hawkes - "Iverno da Alma"
Jeremy Renner - "Atração Perigosa"
Mark Ruffalo for Minhas Mães e Meu Pai
Geoffrey Rush - "O Discurso do Rei"

Atriz coadjuvante
Amy Adams - "O Vencedor"
Helena Bonham Carter - "O Discurso do Rei"
Melissa Leo - "O Vencedor"
Hailee Steinfeld - "Bravura Indômita"
Jacki Weaver - "Animal Kingdom"

Melhor Animação
"Como treinar o seu dragão"
"O mágico"
"Toy Story 3"

Marcadores: ,

Bookmark and Share

Até a Morte curte uma cerveja!!!


Marcadores: ,

Bookmark and Share

quinta-feira, janeiro 20, 2011

Oscar 2011 não terá representante brasileiro

Oscar 2011 não terá representante brasileiro

Lula, o Filho do Brasil, não está entre os pré-selecionados para as indicações de Melhor Filme Estrangeiro

19 de Janeiro de 2011 às 16:41

Pelo 13° ano consecutivo, o longa-metragem brasileiro selecionado para concorrer ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro não foi indicado pelos jurados da Academia para estar entre os finalistas da categoria. Lula, o Filho do Brasil ficou de fora da lista de nove longas-metragens que seguem elegíveis a uma indicação.

O último filme brasileiro a conseguir a indicação foi Central do Brasil, de Walter Salles, em 1998. Em 2003, Fernando Meirelles (direção), Cesar Charlone (fotografia), Daniel Rezende (edição) e Bráulio Mantovani (roteiro adaptado) foram indicados à prêmios em categorias individuais pelo trabalho em Cidade de Deus.

Em 25 de janeiro, apenas cinco obras continuarão na disputa. A cerimônia de entrega das estatuetas acontece em 27 de fevereiro, em Los Angeles.

Veja a lista dos indicados:

Argélia, Hors la loi, de Rachid Bouchareb

Canadá, Incendies, de Denis Villeneuve

Dinamarca, In a better world, de Susanne Bier

Grécia, Dogtooth, de Yorgos Lanthimos

Japão, Confessions, de Tetsuya Nakashima

México, Biutiful, de Alejandro Gonzalez Inarritu

África do Sul, Life, above All, de Oliver Schmitz

Espanha, Tambien la lluvia, de Iciar Bollain

Suécia, Simple Simon, de Andreas Ohman

Marcadores: ,

Bookmark and Share

Um sonho de verão para as cervejarias

Um sonho de verão para as cervejarias

Com o carnaval só em março, consumo deve crescer acima dos 10% esperado pelo mercado

Renato Pezzotti - 19 de Janeiro de 2011 às 10:03

Com a terça-feira de carnaval marcada para o dia 8 de março, os varejistas consideram que o verão deste ano terá mais de cem dias. Para as cervejarias, isso é sinal de ótimo resultado de vendas, com números bem acima dos comparados aos atingidos no começo de 2010, quando a prosperidade prós-crise derrubou estatísticas e jogou pra cima índices de consumo.

"Esperamos que o mercado possa manter o crescimento de quase 12% alcançado na estação do ano passado", comenta Renata Zveibel, gerente de comunicação externa da Heineken Brasil. Dados da Nielsen apontam que bebidas alcóolicas e não-alcóolicas foram os produtos que mais cresceram em 2010. "O consumo continua bastante aquecido. Esperamos alcançar um crescimento ainda maior do que o verificado em 2010", reforça Douglas Costa, gerente de marketing e relações com o mercado do Grupo Petrópolis. "Temos um cenário promissor e sem grandes rupturas. Devemos destinar maior parte dos nossos investimentos nesse verão alongado", afirma Luiz Cláudio Taya, diretor de marketing do Grupo Schincariol.

A preocupação, com isso, deixou de ser a exposição em mídia e passou para a produção. "Geralmente temos 90 dias de verão. Esse ano, esse número cresceu 20%. A temporada terá mais de cem dias. A preocupação das empresas, agora, é que não falte produto", comenta Adalberto Viviani, diretor-presidente da Concept e especialista no mercado de bebidas.

Segundo Viviani, o ponto de venda será fundamental na briga entre as marcas. "A grande estratégia, agora, é consolidar a expansão, colocar produtos em condições de consumo, aumentar a visitação e ter cuidado extra no PDV", explica. A executiva da Heineken reforça essa preocupação. "Nosso foco não é necessariamente investir mais por conta do verão. Teremos uma forte ativação no ponto de venda. E estamos focados em atender a demanda do mercado", ressalta Renata.

O Grupo Petrópolis, que produz a cerveja Itaipava, sofreu bastante com as chuvas que assolaram a região serrana do Rio de Janeiro na semana retrasada. A tragédia paralisou suas linhas e funcionários ficaram presos na fábrica de Teresópolis por 30 horas. Mesmo assim, Costa acredita que não terá problemas de abastecimento, uma vez que suas outras três fábricas (uma delas em Petrópolis) estão preparadas para absorver o que não será produzido na matriz. Ele ainda conta que as apostas do Grupo estão no grande portfólio de produtos. "Nossos lançamentos recentes incluíram formatos diferenciados na linha pilsen, como a garrafa de 250 ml e a lata de 310 ml, mais fina".

Homenagem ao Brasil
A Multisolution prepara o lançamento da nova campanha da Itaipava para o dia 25 de janeiro. Além de nove diferentes versões para mídia impressa, dois filmes integram o extenso plano de mídia. "A comunicação que propomos é agradável, sem usarmos celebridades e causarmos polêmica. A nossa estrela é o produto e a estratégia vem dando mais do que certo", explica Pedro Queirolo, CEO da agência. "Deixamos de lado o tripé bar, churrasco e futebol para olharmos as situações de consumo", reforça o Leonardo Corvo, diretor de criação.

Com produção da Raio X Filmes e direção de cena de Maurício Eça, o primeiro comercial faz uma exaltação ao Brasil, com uma homenagem aos estados onde a marca está presente, no sudeste e centro-oeste do País. Com edição semelhante a um videoclipe, a produção reforça com cores as diferenças da cultura nacional e segue com a assinatura "Cerveja sem comparação". O segundo, que reforça a palavra "amigo", foca o consumo responsável, que deverá nortear as ações da marca durante o ano.

A Heineken aposta no lançamento da Kaiser Shot, a nova embalagem de 250 ml de Kaiser, para o verão. A campanha criada pela Fischer+Fala, com Mano Menezes, já está no ar. "A nova embalagem é bem propícia à temporada", explica Renata. Para Heineken, a ambição é ampliar a visibilidade em bares e por meio de blitze nas principais praias do Rio de Janeiro. A Nova Schin, por sua vez, terá novamente a cantora Ivete Sangalo como estrela, desta vez acompanhada por Deborah Secco e Cleo Pires, gravado na semana passada, no litoral baiano.

Com o verão esticado, a Skol conseguiu dividir suas ações em dois momentos bem distintos: praia e carnaval. O primeiro é dividido em três grandes iniciativas: a Casa de Praia, a Garagem e o Sunset. O final do projeto acontece com o "Praia Skol Music", que contará com shows de Ben Harper, Donavan Frankenreiter e Tom Curren. O evento acontece no dia 5 de fevereiro, em local a ser escolhido por uma promoção realizada no site da marca – Búzios, Florianópolis e Maresias disputam o festival.

"Não focamos numa grande iniciativa e, com isso, pretendemos atingir o maior número de pessoas", explica Clarissa Pantoja, gerente de eventos de Skol. As ações são assinadas pelo Banco de Eventos e as campanhas, pela F/Nazca. A partir da segunda semana de fevereiro, a marca "vira a chave" e se vira para o carnaval – a marca pretende lançar um novo formato para a festa deste ano.

Bookmark and Share

quarta-feira, janeiro 19, 2011

19-25 June 2011 Cannes Lions - 58th International Festival of Creativity


Marcadores: , ,

Bookmark and Share

domingo, janeiro 16, 2011

Roberto Carlos faz gol olímpico e Corinthians bate Lusa na estreia

Marcadores:

Bookmark and Share

sexta-feira, janeiro 07, 2011

Enxame, vexame

Caros amigos,



As abelhas estão morrendo em todo o mundo, colocando em perigo a nossa cadeia alimentar. Os cientistas culpam os agrotóxicos e quatro governos europeus já os proibiram. Se conseguirmos que os EUA e a União Europeia se unam à proibição, outros governos ao redor do mundo poderão seguir o exemplo e salvar da extinção milhares de abelhas. Assine a petição e encaminhe este apelo urgente:

Sign the petition
Silenciosamente, bilhões de abelhas estão morrendo, colocando toda a nossa cadeia alimentar em perigo. Abelhas não fazem apenas mel, elas são uma força de trabalho gigante e humilde, polinizando 90% das plantas que produzimos.

Vários estudos científicos mencionam um tipo de agrotóxico que contribui para o extermínio das abelhas. Em quatro países Europeus que baniram estes produtos, a população de abelhas já está se recuperando. Mas empresas químicas poderosas estão fazendo um lobby pesado para continuar vendendo estes venenos. A única maneira de salvar as abelhas é pressionar os EUA e a União Europeia para eles aderirem à proibição destes produto letais - esta ação é fundamental e terá um efeito dominó no resto do mundo.

Não temos tempo a perder - o debate sobre o que fazer está esquentando. Não se trata apenas de salvar as abelhas, mas de uma questão de sobrevivência. Vamos gerar um zumbido global gigante de apelo à UE e aos EUA para proibir estes produtos letais e salvar as nossas abelhas e os nossos alimentos. Assine a petição de emergência agora, envie-a para todo mundo, nós a entregaremos aos governantes responsáveis:

https://secure.avaaz.org/po/save_the_bees/?vl

As abelhas são vitais para a vida na Terra - a cada ano elas polinizam plantas e plantações com um valor estimado em US$40 bilhões, mais de um terço da produção de alimentos em muitos países. Sem ações imediatas para salvar as abelhas, poderíamos acabar sem frutos, legumes, nozes, óleos e algodão.

Nos últimos anos, temos visto um declínio acentuado e preocupante a nível global das populações de abelhas - algumas espécies de abelhas estão extintas e outras chegaram a 4% da população no passado. Cientistas vêm lutando para obter respostas. Alguns estudos afirmam que o declínio pode ser devido a uma combinação de fatores, incluindo doenças, perda de habitat e utilização de produtos químicos tóxicos. Mas um importante estudo independente recente produziu evidências fortes culpando os agrotóxicos neonicotinóides. A França, Itália, Eslovênia, e até a Alemanha, sede do maior produtor do agrotóxico, a Bayer, baniram alguns destes produtos que matam abelhas. Porém, enquanto isto, a Bayer continua a exportar o seu veneno para o mundo inteiro.

Este debate está esquentando a medida que novos estudos confirmam a dimensão do problema. Se conseguirmos que os governantes europeus e dos EUA assumam medidas, outros países seguirão o exemplo. Não vai ser fácil. Um documento vazado mostra que a Agência de Proteção Ambiental dos EUA já sabia sobre os perigos do agrotóxico, mas os ignorou. O documento diz que o produto da Bayer é "altamente tóxico" e representa um "grande risco para os insetos não-alvo (abelhas)".

Temos de fazer ouvir as nossas vozes para combater a influência da Bayer sobre governantes e cientistas, tanto nos EUA quanto na UE, onde eles financiam pesquisas e participam de conselhos de políticas agrícolas. Os reais peritos - apicultores e agricultores - querem que estes agrotóxicos letais sejam proibidos, a não ser que hajam evidências sólidas comprovando que eles são seguros. Vamos apoiá-los agora. Assine a petição abaixo e, em seguida, encaminhe este alerta:

https://secure.avaaz.org/po/save_the_bees/?vl

Não podemos mais deixar a nossa cadeia alimentar delicada nas mãos de pesquisas patrocinadas por empresas químicas e os legisladores que eles pagam. Proibir este agrotóxico é um caminho necessário para um mundo mais seguro tanto para nós quanto para as outras espécies com as quais nos preocupamos e que dependem de nós.

Com esperança,

Alex, Alice, Iain, David e todos da Avaaz

Leia mais:

Itália proibe agrotóxicos neonicotinóides associados à morte de abelhas:
http://www.ecodebate.com.br/2008/09/22/italia-proibe-agrotoxicos-neonicotinoides-associados-a-morte-de-abelhas/

O desaparecimento das abelhas melíferas:
http://www.naturoverda.com.br/site/?p=180

Alemanha proíbe oito pesticidas neonicotinóides em razão da morte maciça de abelhas:
http://www.ecodebate.com.br/2008/08/30/alemanha-proibe-oito-pesticidas-neonicotinoides-em-razao-da-morte-macica-de-abelhas/

Campos silenciosos:
http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/campos_silenciosos_imprimir.html

--------------


Apoie a comunidade da Avaaz! Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas -- clique para doar.



A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 5,6 milhões de pessoas
que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

Marcadores:

Bookmark and Share
Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.