Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quarta-feira, setembro 02, 2009

Carta aberta ao nobre deputado Haroldo Lima

Carta aberta ao nobre deputado Haroldo Lima
via Blog do investidor - Portal EXAME on 9/1/09

Nobre Deputado Haroldo Lima (PC do B - BA), presidente da Agência Nacional do Petróleo (ANP):

Acompanho há muitos anos a trajetória política de Vossa Excelência. Por ela tenho o máximo respeito.

Respeito sua luta pela redemocratização do Brasil quando vivíamos os piores anos de nossa história recente.

Respeito o sofrimento político e pessoal de Vossa Excelência com as perseguições que sofreu.

Respeito sua coerência política e o fato de que Vossa Excelência manteve-se fiel ao mesmo partido durante toda a sua trajetória, exceto quando esse partido teve sua atuação proibida pela ditadura militar.

Isto posto, nobre deputado, permita-me respeitosamente sugerir a Vossa Excelência que modere a língua para não falar bobagens.

Vossa Excelência ocupa um dos cargos mais importantes da República, sendo o responsável pela agência reguladora que trata do petróleo.

Como Vossa Excelência bem sabe, o petróleo é a commodity mais sensível que existe. Não só por ser essencial, mas pelo fato de o grosso de sua produção estar localizada em países politicamente instáveis, que não são democráticos e não têm nenhuma transparência em suas informações.

Por isso mesmo, nobre deputado, declarações como a de Vossa Excelência na segunda-feira, dia 31 de agosto, de que o poço de Iara reserva uma surpresa positiva são uma temeridade.

Não poucas vezes, o partido de Vossa Excelência chamou os profissionais de mercado de tubarões. Em certo sentido, eles o são. Os tubarões de verdade são os grandes faxineiros do oceano, devorando as presas mais fáceis de pegar. Ou seja, as mais fracas e menos aptas a sobreviver.

Os profissionais do mercado financeiro atuam da mesma maneira, sempre buscando oportunidades de obter lucro devido a informações, privilegiadas ou não, que permitam antecipar o comportamento dos preços.

Quando antecipa quaisquer fatos, positivos ou não, Vossa Excelência inadvertidamente fornece material para a especulação no mercado. No limite, Vossa Excelência atua contra os acionistas da Petrobras (ou seja, o Estado brasileiro, que representa o povo) ao divulgar ao mercado informações que pertencem, prioritariamente, à empresa e a seus acionistas.

Atenciosamente

Cláudio Gradilone

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.