Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

domingo, agosto 02, 2009

Crianças francesas contam de que mais gostam e desgostam lá e aqui

Crianças francesas contam de que mais gostam e desgostam lá e aqui

CLARICE CARDOSO
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Se você se pergunta por que, de uns tempos para cá, anda vendo bem mais torre Eiffel, Paris e bandeira azul, branca e vermelha, saiba que a explicação é que em 2009 se comemora o Ano da França no Brasil. O conjunto de eventos faz parte de um acordo de aproximação entre os dois países.

E as crianças francesas que moram aqui gostam da chance de mostrar a sua cultura para os brasileiros. Maya Luz Tricoire, 8, que mora no Rio de Janeiro, diz que todo mundo vai adorar saber mais sobre a avenida Champs-Elysées, uma das mais famosas de Paris. Ela, por exemplo, gosta de lá por um motivo especial. "Adoro uma loja que fica na avenida e vende bonecas, jogos e pelúcias lindos!" O dia de La Chandeleur (2 de fevereiro) traz saudades a Claire Gilliot, 10.
A data lembra a ocasião em que o bebê Jesus foi apresentado no templo de Jerusalém, segundo a tradição cristã. "Nesse dia, nós cozinhamos crepes com a família. O legal é que todo mundo faz e divide com os amigos.".

Basquete e futebol
Quando o assunto é o que mais gosta no Brasil, Marie Bioche, 8, que está aqui há pouco mais de um ano, tem uma resposta prontinha: de basquete. Como assim? "Aqui o tempo está sempre bom e eu posso jogar quando eu quero. Lá na França chovia muito!" Fã de esportes, ela logo escolheu um time de futebol. "Agora torço para o Corinthians porque eles foram campeões [Paulista2009]!"

"Eu gostava de ver os fogos no dia da Queda da Bastilha, comemorada em 14 de julho. Nesse dia acontecem vários desfiles na avenida Champs-Elysées. É lindo e emocionante! Também gostava do dia de Mardi Gras porque comíamos crepes deliciosos!" VICTOIRE VALENTIN, 11

MARDI GRAS é a terça-feira de Carnaval. No dia seguinte, a Quarta-Feira de Cinzas, começa a Quaresma (período destinado à penitência, na tradição católica).

"Sinto falta do museu do Louvre porque lá tem muitas obras de arte que contam a história da França."
THOMAS DREYER, 11

O LOUVRE, museu que é uma das principais atrações de Paris, existe desde 1793 e tem 35 mil obras de arte. Entre elas está a "Mona Lisa", do italiano Leonardo da Vinci, pintada no começo do século 16.

"Eu adoro ler! Gosto de uns livros chamados 'Clube do Mistério', que tinha lá na França, e do Tintim. São cheios de aventura e de suspense."
CLARIS PARENTI, 8

O personagem TINTIM foi criado pelo belga Hergé e fez sua primeira aparição em 1929. Ele é famoso em diversos países.

"No dia 1º de abril, a gente recorta peixes e cola nas costas dos amigos. É bem divertido. Eu escrevo: "Sou um bobo!"."
MARIE BIOCHE, 8

A tradição é chamada de Poisson d'Avril (peixe de abril, em francês). Além de colarem o recorte de PEIXE nos colegas, as crianças também pregam peças, contando mentiras.

MAYA LUZ TRICOIRE, 8

"Sinto falta de um purê diferente que tinha na França. É bem mais cremoso e mais saboroso do que os purês daqui, que não são tão gostosos."
CHARLOTTE MALLE, 9

POR QUE É O ANO DA FRANÇA NO BRASIL?
O nome oficial dessas várias comemorações é França.Br 2009. Elas nasceram de um acordo entre os presidentes do Brasil e da França, como forma de aproximar a relação entre os dois países.

A ideia é mostrar como a França é hoje em diversos aspectos -culturais, comerciais e tecnológicos, por exemplo. É também uma resposta ao Ano do Brasil na França, que aconteceu em 2005, com os mesmos objetivos, e contou com a participação de 150 cidades francesas. No Brasil, foram programados mais de 600 eventos oficiais em vários Estados.
São exposições, festivais de gastronomia e apresentações musicais, entre outros eventos. Confira as atividades no site anodafrancanobrasil.cultura.gov.br.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.