Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

quinta-feira, novembro 08, 2007

Conversor para TV digital deverá custar R$ 200 e governo ajudará na compra

Por: Tabata Pitol Peres
08/11/07 - 17h16
InfoMoney

SÃO PAULO - O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse, na quarta-feira (7), que o governo vai facilitar a compra dos conversores para a recepção do sinal de TV digital, que entra no ar em São Paulo em 2 de dezembro. A afirmação foi feita durante a participação do ministro em audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor na Câmara dos Deputados.

Costa afirmou que o Brasil está preparado para esta ajuda, assim como ocorreu nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. Além disso, ele garantiu que o preço do set top box - nome dado ao conversor - não deve passar de R$ 200 para as versões mais comuns e R$ 500 para as mais sofisticadas.

O ministro explicou que o governo não irá subsidiar de início o produto, apenas facilitará a compra e para isso contará com créditos do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do Banco Popular para financiar o aparelho.

Valores
Quando questionado sobra a expectativa das empresas de que o conversor chegue ao mercado por cerca de R$ 700, Costa afirmou que esse valor é um caso de polícia ou até de CPI, já que, segundo ele, tem gente querendo ganhar dinheiro com a mudança de sinal.

Para justificar sua estimativa de preço, o ministro citou que empresas chinesas e japonesas já comercializam conversores com o sistema brasileiro de TV digital por US$ 70, cerca de R$ 120, o que seria uma prova de que é possível que o set top box seja vendido a preços acessíveis.

Para Costa, outra solução de barateamento do produto é o Brasil investir na produção do equipamento. Ele informou que o governo tem R$ 450 milhões disponíveis para isso no Funttel (Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações).

A TV digital começará a ser transmitida primeiro em São Paulo. No Rio de Janeiro, em Brasília e Belo Horizonte a transmissão começa em fevereiro de 2008.

Cuidados
Para os consumidores que pretendem comprar ou trocar de televisores, com o objetivo de conseguir melhor definição para o recebimento do sinal digital, o Procon-SP afirma é importante estar atento à transição do modelo de televisão analógica para o sistema digital.

De acordo com o órgão, muito sobre a nova tecnologia ainda está indefinido. No entanto, o consumidor deve saber que, para qualquer aparelho de televisão será preciso a aquisição do conversor. Mas, apesar da transmissão digital entrar em operação a partir de dezembro, a analógica só será banida em 2016.

Como no mercado ainda não há nenhum televisor com a nova tecnologia, o consumidor deve avaliar se aproveita as ofertas de Natal e adquire um produto que precisará ser "complementado" pelo conversor, ou se aguarda a chegada dos que já tenham a nova tecnologia - lembrando que a diferença de preços pode variar bastante.

O Procon informa, ainda, que a qualidade digital de imagem só é conseguida por TVs com telas de LCD ou plasma. Além disso, é importante comparar a qualidade da imagem nos locais de comercialização, verificando se o que está sendo transmitido é DVD, TV por assinatura ou sinal aberto. Na hora da compra, o consumidor também deve ter em mente: necessidade de recursos, potência de saída, peso, consumo de energia, material de revestimento, facilidade de operação e rede de assistência técnica autorizada dada pelo fabricante.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.